Na Flórida, para mitigar ou eliminar os efeitos significativos sobre os recursos marinhos causados por projetos de desenvolvimento costeiro em habitats de recifes de coral e leito rochoso, corais rochosos (escleractinianos) e corais macios (octocorais) são frequentemente transplantados a um local de recepção apropriado. As normas para a transplantação de corais rochosos e macios têm sido aplicadas de modo diferente, dependendo do projeto, local e outros fatores. Os esforços de minimização e restauração devem representar fatores como diversidade de espécies, sobrevivência de organismos após a transplantação e recursos bentônicos locais.

Autor
Craig Kruempel et al
Data
1 de Março de 2012
Publicação
Florida Shore & Beach Preservation Association National Conference on Beach Preservation Technology
Baixar arquivo