No Panamá, cerca de 4.8 milhões de metros cúbicos de concreto estão sendo transformados em um novo sistema de eclusas entre o Pacífico e o Atlântico, que garantirão a passagem das maiores megaembarcações pelo Canal do Panamá. Atualmente estão sendo instaladas as comportas.

A Tetra Tech prestou serviços de projetos para o projeto de expansão Post-Panamax do terceiro sistema de eclusas, que abrirão o Canal do Panamá para a passagem da embarcações de até 400 metros de comprimento e até 50 metros de largura, com capacidade para até 12.000 contêineres. As maiores embarcações que podem passar pelo canal atualmente levam apenas 4500 contêineres. O terceiro sistema de eclusas é o maior componente da expansão do canal, e representa uma nova série de rotas comerciais para todo o mundo, permitindo que aos cargueiros gigantes da Ásia uma passagem direta para o Golfo do México e os clientes ao leste do canal.

A equipe da Tetra Tech é responsável pelos projetos de todas as válvulas que regulam o fluxo gravitacional das eclusas, desde o Lago Gatun até os oceanos; das estruturas da bacia de retenção de água que permitem as operações de esvaziamento e enchimento; bocais de entrada e saída dos paredões laterais; e de todas as estruturas que alinham e nivelam os navios à medida que entram e saem das eclusas. A Tetra Tech está também prestando assistência em engenharia e garantia da qualidade até o final da fase de construção. Esses elementos são essenciais para transpor esses navios gigantescos de um oceano para o outro. A expansão abrange dois complexos de eclusas, um em cada face do canal, voltadas ao Atlântico e ao Pacífico.

Leia o artigo no site Seattle Daily Journal of Commerce.

Saiba mais sobre os serviços da Tetra Tech em portos, marinas e cais.