Os cientistas da Tetra Tech são coautores, juntamente com colegas do escritório de pesquisa e desenvolvimento da Agência de proteção ambiental dos EUA, do artigo “Modeling Streamflow and Water Quality Sensitivity to Climate Change and Urban Development in 20 U.S. Watersheds” (Modelagem de vazão de cursos de água e sensibilidade da qualidade da água para estudos de mudanças climáticas e desenvolvimento urbano em 20 bacias hidrográficas dos EUA), publicado no site do Journal of American Water Resources Association.

O artigo resume o trabalho da Tetra Tech com pesquisadores da Agência de proteção ambiental dos EUA (EPA - Environment Protection Agency), por mais de 5 anos, para analisar os efeitos da qualidade da água e da vazão dos cursos de água em reação às mudanças climáticas e do desenvolvimento urbano nos Estados Unidos. Utilizando séries de dados de 20 bacias hidrográficas de grande porte, a Tetra Tech desenvolveu modelos detalhados de 20 bacias hidrográficas de grande porte (em escala aproximada HUC4), utilizando a ferramenta de avaliação de solo e água (SWAT) e reações modeladas a uma série de cenários climáticos futuros. Os resultados mostram um padrão de vazão decrescente nos cursos de água na região central das Montanhas Rochosas e no Sudoeste, com volume crescente na costa leste e nas planícies do norte. As mudanças nas cargas de poluentes seguem um padrão semelhante, porém com maior variabilidade. A sensibilidade a mudanças climáticas potenciais pesa mais do que a sensibilidade em relação a mudanças no uso das terras na escala de grandes bacias (em grande parte devido à incerteza das previsões de regimes futuros de precipitação). As mudanças no uso das terras, contudo, podem ser um estímulo significativo em escalas mais localizadas.

O artigo está disponível na íntegra neste link.